Rita Cadilac

25 Abr 2011
Compartilhar
Rita Cadillac, nome artístico de Rita de Cássia Coutinho, (Rio de Janeiro, 13 de junho de 1954) é uma atriz, dançarina e cantora brasileira.

Rita Cadillac, nome artístico de Rita de Cássia Coutinho, (Rio de Janeiro, 13 de junho de 1954) é uma atriz, dançarina e cantora brasileira.

Rita concedeu uma entrevista ao programa Superpop e relatou o seguinte sobre sua vida: nasceu numa família bem humilde. Não conheceu a mãe e nem o pai. Este morreu quando sua mãe estava grávida. Sua mãe a abandonou com a sogra, com dez dias de nascida. Foi a avó paterna de Rita, sua única parente, que a criou. Sua mãe não tinha família.

Aos 15 anos, casou-se virgem, na igreja. Não queria se casar, entretanto, pois estava dividida entre o marido e outro rapaz. Casou-se obrigada pela avó. Engravidou, teve um menino e viveu com o marido até os 17 anos, quando se separou por causa das traições e agressões que sofria. Nesse meio tempo sua avó morrera.

Adolescente, sozinha no mundo e com um filho pequeno para criar, não tinha condições de fazê-lo, pois não tinha estudo e nem sabia fazer serviços domésticos: sua avó não a tinha ensinado e nem deixava que ela o fizesse. Sua única saída foi a prostituição, mas ela nem sabia o que era isso. Deixou o filho num orfanato e começou a se prostituir. Pagava o orfanato com dinheiro de programa. O pai da criança não sabia de nada e nem perguntava sobre o filho. Ela odiava essa vida e, com 20 anos, dela saiu quando conheceu uma dançarina com quem fez amizade. Rita entregou o filho ao marido, única pessoa com quem podia contar no momento, e foi dançar ritmos brasileiros em apresentações nos EUA, onde conseguiu projeção artística. Sua fama começou pelo exterior e depois chegou ao Brasil.

Após alguns anos fora - mas sempre em contato com o filho - volta e conhece Chacrinha através da mesma amiga, que a leva para o seu programa. Mais um drama recomeçou em sua vida: o seu ex-marido, com raiva pelo sucesso e por descobrir o que ela fazia antes de dançar, inventou, para o filho do casal, com 9 anos de idade, que sua mãe tinha morrido. Sumiu com o garoto. Todos ajudaram Rita nesse momento difícil, até Chacrinha. Quando dançava como chacrete, estava em busca do filho desaparecido. Após anos, ela achou o menino já adolescente e passou a criá-lo. O marido foi preso e, após anos, solto.

Quando completou 52 anos de idade, em 2006, sua mãe reaparece pedindo pensão alimentícia. Ela também descobriu que tem uma meia-irmã chamada Raíssa e que a mãe a abandonou para viver com o amante. Por caridade, Rita a ajudou, apesar de nunca tê-la visto na vida. Hoje, Rita tem duas netas, o filho é casado e ela afirmou que todos podem pensar mal dela, mas, para ela, é difícil ter intimidade com um homem.

http://pt.wikipedia.org/wiki/Rita_Cadillac

http://www.ritacadillac.art.br/index.html


Rita Cadilac

 

 

 

 

Adicionar comentário


Os verbetes da Cafepedia tem como origem as pesquisas que fazemos pela internet para a montagem dos programas Café Brasil. As informações aqui reproduzidas tem fontes diversificadas que muitas vezes estao incompletas ou incorretas. Não temos ainda condições de realizar pesquisas detalhadas para confirmar ou atualizar informações. Dessa forma adotamos um esquema participativo: todos o verbetes tem uma área de comentários para que os interessados agreguem novas informações, opiniões e dicas. Agradecemos à quem se dispuser a participar e colaborar. É esse o espírito que botará o Brasil nos trilhos: colaboração.

O Podcast Café Brasil

É um programa em áudio distribuído pela internet e que une reflexões sobre temas provocativos e atuais ao melhor da Música Popular Brasileira. Entretenimento, cultura, cidadania e, acima de tudo, PROVOCAÇÃO.